Política de privacidade

Já ouviu falar da política de privacidade? Nesta área coloque toda a informação referente à utilização de dados dos usuários do seu site. Deve ainda colocar nesta área toda a informação sobre a segurança e o registo de dados dos usuários, de forma clara e transparente. Esclareça também de que forma usa e que tipo de cookies usa, no caso de usar.  

Espargos

"A verdura de Deus", como chamava o gastrônomo romano Marco Gávio Apício.

€26.50/Kg

Asparagus officinalis (aspargo ou espargo ) é um vegetal da classe Liliopsida, ordem Asparagales, família Asparagaceae, género Asparagus. Os rebentos novos desse vegetal são bastante apreciados, particularmente na cozinha inglesa, alemã e francesa. Tem um sabor delicado, poucas calorias e é particularmente rico em ácido fólico, além de ter propriedades diuréticas.

O espargo é uma planta perene. A colheita dos brotos se faz na primavera, a partir do segundo ou terceiro ano. Os aspargos brancos são cultivados impedindo os brotos jovens de obter luz.

O espargo pode provocar um odor característico na urina da pessoa que os consumiu, sem nenhuma consequência nociva. As substâncias que provocam odor não existem originalmente no vegetal: são um resultado do metabolismo de um de seus componentes, que contém enxofre. Segundo estudos, de 40% a 50% das pessoas produzem esses metabólitos e ficam com o cheiro da urina alterado, mas, curiosamente, nem todas as pessoas conseguem perceber a diferença no odor: cerca de 60% das pessoas são insensíveis a ele. Dos 20 tipos diferentes de aminoácidos encontrados em proteínas, o aminoácido asparagina foi o primeiro a ser encontrado. E o seu nome é devido ao aspargo, a sua fonte original onde foi descoberto.

Partilhe este artigo